Dia Mundial dos Pobres

«Sempre tereis pobres entre vós»


O quinto dia mundial dos pobres, instituido pelo Papa Francisco, celebra-se este domingo, dia 14 de Novembro.

Para este ano a mensagem do Santo Padre parte do Evangelho de São Marcos (14, 7), do episódio em que uma mulher entra na casa de Simão com um frasco de perfume muito caro (300 denários) e derrama-o nos pés de Jesus, num simbólico acto de unção. Os discípulos, sobretudo Judas, ficam indignados achando que se trata de um desperdício, que se poderia vender o perfume e com o dinheiro ajudar os pobres, numa reação falsa e usando os pobres como desculpa para a sua ganância. Elogiando a atitude da mulher, que prepara Jesus para a sua entrega na cruz, o Mestre adverte os discípulos, e a nós também, que "pobres sempre os teremos".

Diz-nos o Papa que este episódio da Sagrada Escritura mostra como Jesus se liga com extrema empatia com o pobres, os frágeis e desprotegidos. E que a mensagem de Jesus mostra que a pobreza "não é fruto duma fatalidade, mas sinal concreto da sua [Deus] presença no nosso meio" por isso eles têm muito para nos ensinar.

A profecia de Jesus sobre os pobres não pretende levar os discípulos a um estado de indiferença ou sentimento de derrota, mas à perceção de que neles encontramos sempre Jesus, não como exteriores à comunidade mas irmãos cujo o sofrimento se partilha.

Uma pergunta forte surge na mensagem para este dia: "Como se pode dar uma resposta palpável aos milhões de pobres que tantas vezes, como resposta, só encontram a indiferença, quando não a aversão?" A resposta passa por uma abordagem diferente da pobreza com menos irresponsabilidade onde os pobres não são apenas números e estatísticas.

O centro desta mensagem poderá estar aqui: " «Sempre tereis pobres entre vós» (Mc 14, 7): é um convite a não perder jamais de vista a oportunidade que se nos oferece para fazer o bem."

Os pobres não se contam, abraçam-se, como nos diz o Padre Primo Mazzolari. Só tornando-nos pobres com os pobres os conseguiremos reconhecer.


Mensagem do Santo Padre


Na nossa Paróquia temos pessoas empenhadas nesta causa que o dia mundial dos pobres nos trás.


Conferência Vicentina

É um grupo sócio-caritativo que tem como missão pedir para dar aos mais necessitados. Por norma às quintas-feiras, de tarde, no salão da matriz estão disponíveis para todos aqueles que precisam de ajuda. Mas falta "mão de obra" e corações dispostos a ajudar.


Coração Samaritano

Não é mais uma estrutura pastoral ou social (ainda que requeira alguma organização), mas, sobretudo, a aposta na criação de uma cultura de atenção, de acolhimento e de fraternidade, que se inspira no bom samaritano que não deixa que a indiferença grasse em qualquer caminho, mas que alarga o espaço do coração para se fazer próximo à miséria do irmão. Então o desafio é: Se precisar ou souber quem precise de alguma ajuda urgente ou se conhecer alguma situação difícil que necessite de auxílio, contacte-nos por aqui: 927481781 – 927201816 – 910273481 – 913049276 ou pelo email paroquiadefafe@ gmail.com.

10 visualizações