História da Paróquia

A Paróquia de Santa Eulália de Fafe era curato da apresentação do Convento de Santa Marinha de Guimarães.

Nas “Memórias Paroquiais de 1758”, refere o pároco que a igreja era anexa e agregada à igreja de São João de Latrão de Roma, por Breves Pontifícios e que, por isso, estava todos os dias com as portas abertas para que os católicos pudessem beneficiar das suas indulgências e graças.

Existiam, na paróquia, as seguintes capelas: São José, sita no monte junto à Ponte Nova; Santo António, no lugar de Crasto; São Bento, no lugar de Calvelos; Santo Ovídio, no monte do lugar de Crasto; Nossa Senhora dos Remédios, na Rua de Cima; e capelas dos Santos Passos. A freguesia foi elevada a vila em 1840. Era cabeça do antigo concelho de Monte Longo e agora do de Fafe.

Em construção...