Pela resposta cristã aos desafios da Bioética

Vozes Plurais - Março 2022

Para o mês de março, a intenção de oração do Papa Francisco procura incentivar os cristãos a orarem para que se promova sempre a defesa da vida perante os desafios atuais que são colocados à bioética.


A bioética é um ramo da disciplina filosófica da ética, que busca refletir sobre as implicações levantadas pelo estudo, utilização e manipulação da vida. Assim, debruça-se sobre questões diversas, tais como o aborto, a eutanásia, a manipulação genética, a clonagem, a robótica, entre outras. Não procura dar respostas, mas promover a reflexão sobre estes temas, que são fraturantes na sociedade, de modo a que seja promovido um debate justo sobre estes assuntos. A ciência tem evoluído muito e rapidamente. As pesquisas e progressos científicos têm trazido grandes benefícios para os seres humanos; todavia, os desafios colocados também são muitos e cada vez maiores.

Enquanto cristãos, a defesa da vida em todas as suas dimensões não pode ser posta em causa.

Apesar da complexidade das questões bioéticas, é nosso dever lutar para que o progresso científico não se deixe enredar em interesses particulares e que tantas vezes promovem a chamada «cultura do descarte», que o Papa tem denunciado como enraizada na nossa sociedade. É importante que no debate seja sempre salvaguardado que os progressos científicos estejam efetivamente ao serviço do ser humano. Por isso, a questão que devemos colocar, e sobre a qual podemos rezar neste mês, é se tudo o que é possível alcançar com as práticas científicas atuais é ou não lícito de ser feito, tendo em conta que a defesa da vida está sempre em primeiro lugar.








Padre Miguel Neto