Os Sinos vão Tocar




Diante deste novo tempo que vivemos que a todos nos desafia a assumir novo modo de estar perante a vida, não podemos, como católicos, deixar passar a oportunidade que ele nos dá de dedicar qualitativo espaço de tempo à nossa relação com Deus, sobretudo por meio da oração pessoal e familiar.

Muitas possibilidades de oração estão ao nosso dispor, com a ajuda sobretudo dos meios de comunicação social (televisão e rádio) e da internet. A acrescentar a isso, fomos desafiados pelo Senhor Arcebispo a revitalizar algumas tradições que, felizmente, não desapareceram por completo de entre nós, como é o toque dos sinos. É indiscutível que há uma densidade espiritual arreigada ao toque dos sinos das nossas igrejas, seja nas aldeias seja nas cidades, porquanto esse toque bem audível convoca as pessoas a dar tempo para Deus.

Assim, ajustaremos o horário do toque dos sinos para as Trindades e na Igreja Nova de S. José, onde já tocavam, passarão a tocar às 9h, às 13h e às 19h, propondo para cada uma destas horas uma oração pessoal ou familiar, às qual se acrescentará Pai Nosso, Avé Maria e Glória.


Aqui ficão as Oraçoes:


09h

De manhã, propomos que se reze a mais antiga oração mariana “À vossa proteção” (“Sub tuum praesidium”).

À vossa proteção
À vossa proteção nos acolhemos,
Santa Mãe de Deus.
Não desprezeis as nossas súplicas
em nossas necessidades;
mas livrai-nos de todos os perigos,
ó Virgem gloriosa e bendita.

13h

Pelo meio dia, propomos a recitação do Angelus.

V. O Anjo do Senhor anunciou a Maria.
R. E Ela concebeu do Espírito Santo.
Ave Maria…

V. Eis a escrava do Senhor.
R. Faça-se em mim segundo a Vossa Palavra.
Ave Maria…

V. E o Verbo divino encarnou.
R. E habitou no meio de nós.
Ave Maria…

V. Rogai por nós Santa Mãe de Deus.
R. Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.

Oremos.
Infundi, Senhor, como Vos pedimos, a Vossa graça nas nossas almas, para que nós, que pela Anunciação do Anjo conhecemos a Encarnação de Cristo, Vosso Filho, pela sua Paixão e Morte na Cruz, sejamos conduzidos à glória da ressurreição. Por Nosso Senhor Jesus Cristo Vosso Filho que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.

19h

E ao final da tarde propomos que se reze a oração à Santíssima Trindade.

Santíssima Trindade,
Pai, Filho e Espírito Santo,
adoro-Vos profundamente
e ofereço-Vos o preciosíssimo Corpo,
Sangue, Alma e Divindade de Jesus Cristo,
presente em todos os sacrários da terra,
em reparação dos ultrajes,
sacrilégios e indiferenças
com que Ele mesmo é ofendido.
E pelos méritos infinitos
do Seu Santíssimo Coração
e do Coração Imaculado de Maria,
peço-Vos a conversão dos pobres pecadores”.



88 visualizações
LINKS ÚTEIS
CONTACTOS

Residência Paroquial

Rua Dr. Maximino de Matos

Apartado 16

4820-255 Fafe

92 720 18 16

92 748 17 81

NAS REDES SOCIAIS
  • Facebook Social Icon