Encontro Comunitário


Processo Sinodal: Comunhão, participação, missão


Quem nunca disse ou pensou que a Igreja está em crise e que precisa de mudar? Pois bem, quase todos os batizados e até não batizados o disseram ou, se não disseram, ao menos já o pensaram. Então, se tu tens uma ideia, uma opinião sobre algo que na Igreja não está bem e precisa de mudar, tens o direito e até o dever de o partilhar. Tens também agora uma excelente oportunidade para isso com o Sínodo “Por uma Igreja Sinodal. Comunhão, Participação, Missão”. A oportunidade para sonhar uma forma nova/renovada de ser Igreja neste tempo é o que nos vem, por meio deste Sínodo, proposto pelo Papa Francisco. Este Sínodo – diferente do que até hoje houve na Igreja – é uma bela ocasião para nos envolvermos como Povo de Deus, num caminho/processo de discernimento e de escuta recíproca da voz do Espírito Santo. No centro deste processo sinodal está uma grande interrogação a ser discernida e respondida sob a luz do Espírito Santo. Mas a intuição do Papa Francisco está para além da resposta, mesmo que honesta, verdadeira e imediata. Para o Santo Padre estará mais em “jogo” o processo que o resultado ou a resposta. Importará bem mais a atitude pessoal e comunitária do que a síntese final da consulta. Pela oração comum, pela abertura ao Espírito Santo, a Igreja pode redescobrir-se como Povo de Deus que caminha em conjunto rumo à Terra Prometida.

Por isso, na nossa comunidade queremos viver este processo com todos e para todos. Assim sendo, na noite de 21 de Janeiro, no salão da Igreja do Sagrado Coração de Jesus, haverá o 1º encontro de reflexão comunitária interparoquial (Fafe e Fornelos) para dar a conhecer este processo ao qual nos chama o Papa Francisco.

Este encontro destina-se de modo mais direto aos paroquianos que exercem nas nossas duas paróquias algum ministério ou serviço, seja na Liturgia (Acolhimento, Leitores, Cantores, Zeladores ou Sacristães), na Caridade (Vicentinas, Ministros Extraordinários da Comunhão) ou na Evangelização (catequistas e animadores). Também os que se integram em algum Movimento de Apostolado com expressão nas paróquias (Cursistas, Escuteiros, Criar Asas, LIAM, Legião de Maria, Apostolado de Oração, CPM, ENS), assim como os membros dos Conselhos Pastoral e Económico, os responsáveis das Zonas e Capelas e os membros da Confraria do Santíssimo Sacramento também estão convidados. Todos os demais interessados em “caminhar juntos” são bem vindos.

114 visualizações